Home » Cases » GRUPO MORADA REFORÇA CUIDADOS E DESTACA AÇÕES PARA NOVOS PROTOCOLOS DA COVID-19

GRUPO MORADA REFORÇA CUIDADOS E DESTACA AÇÕES PARA NOVOS PROTOCOLOS DA COVID-19

epi morada 3

O setor funerário, assim como a saúde, tem sofrido uma alta demanda nos últimos meses por conta da pandemia do Coronavírus. Segundo dados da Associação Brasileira de Empresas e Diretores do Setor Funerário (Abredif), comparando a primeira quinzena de março deste ano com março de 2020, a demanda do serviço chegou a crescer quase 30%.

Diante de toda a situação, as maiores empresas do setor têm reforçado seus estoques de produtos, negociando com fornecedores e refazendo o planejamento para atender a crescente demanda das últimas semanas. É o caso, por exemplo, do Grupo Morada – empresa do setor funerário com presença no Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco, que oferece os serviços de Assistência Funeral, Centrais de Velórios, Cemitérios e Crematórios.
Para que não houvesse interrupção dos serviços e a garantia de segurança de colaboradores e usuários, o Grupo estabeleceu, logo no início da pandemia, protocolos seguros de trabalho e visitação.

Ainda, vem negociando com parceiros e fornecedores a entrega constante de produtos, como urnas funerárias e outros insumos como EPI’s, que garantem a boa realização dos serviços, sempre de forma segura.
“De forma a proteger não somente as pessoas e parentes dos entes queridos, mas também os profissionais que compõem o serviço funerário (atendentes, assistentes, tanatopraxistas), nós adotamos várias medidas em 2020 e vamos reforçar e ampliar ainda mais estas ações neste ano”, destaca Vivianne Guimarães, diretora de negócios e clientes do Grupo Morada.

 

Protocolos de segurança nos velórios e sepultamentos

epi morada 1

Os serviços funerários fazem parte das atividades essenciais e as mudanças e recomendações seguem as determinações das autoridades de saúde. As medidas têm o objetivo de conter o avanço da Covid-19 e preservar a saúde de todos. Desta forma, a visitação continuará mediante o cumprimento de aferição de temperatura obrigatória na entrada da unidade, permanecendo também o uso obrigatório de máscara durante toda a visita e o distanciamento dos demais visitantes, evitando aglomerações. Para evitar alongar a permanência de familiares e visitantes, as salas de velórios seguem funcionando por sistema de rodízio. Está vetada a visitação de pessoas que apresentem sintomas gripais ou que sejam do grupo de risco.
Desde o início da pandemia, todas as unidades do Morada da Paz têm praticado o tempo reduzido de velório, distanciamento entre cadeiras, controle na entrada das unidades e capacidade máxima de visitantes.

 

Compra de Insumos e EPI’s pelo Grupo Morada

epi morada 2

Reforçar estoques de produtos, negociar com fornecedores e se organizar para atender à crescente demanda provocada pela pandemia. Essas foram algumas das medidas tomadas pelo Grupo Morada para garantir a qualidade dos serviços.

Desde o ano passado, na primeira onda da Covid-19, foi iniciado um acompanhamento diário para que não houvesse a falta de produtos básicos, como Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para funcionários e urnas funerárias.

Para garantir que o serviço continue a operar normalmente, a empresa precisou não apenas calcular o volume de urnas compradas, mas também pensar na logística para chegar até ao destino, como também conversar diretamente com fornecedores para alinhamento dos produtos necessários nos pedidos. Dessa forma, o estoque da empresa segue seguro e pode suprir a demanda desse período.

Em relação aos EPIs, mesmo com a alta demanda por todo país, a empresa mantém um estoque regular para garantir a segurança e saúde dos funcionários.

 

Cuidados com Colaboradores do Grupo Morada

Os profissionais do Grupo Morada prestam um serviço essencial durante a pandemia, que não pode ser paralisado e que deve ser realizado seguindo todos os protocolos de segurança possíveis. Todos os colaboradores da empresa se envolvem em situações de potencial contágio, por isso desde o início a empresa vem garantido a segurança física, com disponibilidade e treinamento sobre o uso de equipamentos de proteção individual (EPIs); e priorizando também o cuidado psicológico, pois é um período que pode provocar muito medo e ansiedade.

Todos os colaboradores passaram e passam por treinamentos e palestras de orientação e esclarecimentos sobre o vírus, os cuidados que devem ser tomados no ambiente de trabalho e fora dele e a correta utilização dos EPIs – equipamentos como luvas, máscaras e aventais que criam uma barreira de proteção e impedem o contato com o vírus.

Para além do suporte técnico, o Grupo Morada disponibiliza o apoio psicológico constante por meio de atendimento individual online ou por telefone a todos os colaboradores que desejem procurar o serviço.
“Entendemos que para acolher as famílias enlutados, nossos colaboradores precisam de um suporte psicológico para dar conta de algumas questões que podem ser mobilizadas em algum momento. Assim, são oferecidas capacitações acerca das temáticas da morte, perdas, processo de luto e seus desdobramentos, bem como a realização de atendimentos na modalidade de plantão psicológico em que os colaboradores podem ser cuidados a partir de suas necessidades”, explicou Simone Lira, psicóloga do luto do Grupo Morada.

 

Estimular o uso dos serviços online

Em tempos de distanciamento social, onde muitas pessoas não conseguem se despedir dos seus entes queridos de forma presencial, a homenagem on-line é a opção mais segura. Desta maneira, parentes e amigos dos clientes do Morada da Paz têm a possibilidade de fazer homenagens através da plataforma digital Morada da Memória, que funciona como um memorial de lembranças.

A ferramenta oferece aos enlutados a possibilidade de escrever depoimentos, anexar fotos e vídeos, ou acender uma vela virtual. Para encurtar as distâncias, também é possível participar de velórios virtuais. Pioneiro no Brasil desde 2001, o serviço funciona por meio de uma câmera instalada nas salas de velórios das unidades do Morada. Para acompanhar o velório virtual ou prestar homenagens, basta acessar o site www.moradadamemoria.com.br e pesquisar um memorial digitando no obituário o nome do ente querido.

Para acolher as famílias neste momento difícil que é a perda de um ente querido, o Grupo Morada também conta com centrais de atendimento 24 horas. O suporte é feito através do 4002-2535, para capital ou região metropolitana, ou 0800 942 2535, caso a ligação seja realizada nas demais localidades. Além da Funerária Digital, que oferece atendimento online, catálogo virtual, assinatura eletrônica e pagamento online, tudo para que o cliente resolva esse momento no conforto de casa.