Home » Cases » Clube Turismo estreia entre as 30 maiores da ABF

Clube Turismo estreia entre as 30 maiores da ABF

Fachada Clube Turismo

Empresa paraibana entra na lista como maior rede de franquias do Nordeste em ‘Hotelaria e Turismo’ e segunda do Brasil no segmento

 

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) divulgou nesta terça-feira, 22, os resultados do segmento em 2018 e as projeções para 2019, além da lista das 50 Maiores Redes de Franquias no Brasil por unidades em operação.

O grande destaque ficou para a rede de franquias Clube Turismo, que entrou pela primeira vez na lista das maiores da ABF, ocupando a 26ª posição no ranking geral e a segunda maior entre todas as franquias do Nordeste. Já no segmento de Hotelaria e Turismo, a Clube Turismo é a maior do Nordeste e a segunda do país.

“Ficamos muito felizes com a divulgação da lista, que confirma o desenvolvimento e amadurecimento do nosso negócio nos últimos dez anos, desde que começamos a operar no setor de franchising”, explica a CEO e co-fundadora da Clube Turismo, Ana Virgínia Falcão.

Fundada em 2003, a marca paraibana possui hoje unidades distribuídas em todo o país nas modalidades Loja, Escritório Home Based e Home Office, e se destaca pela solidez de mercado e estabilidade que oferece para os franqueados. Em 2017, foi eleita a “Melhor Franquia do Brasil” na categoria Cultura e Lazer pela ‘Pequenas Empresas e Grandes Negócios’. A Clube Turismo também é reconhecida como a franquia de turismo que mais cresce no Brasil. Nos últimos dois anos, a marca saltou de 350 unidades para mais de 500 franqueados, num segmento que cresce anualmente próximo de dois dígitos, o de franquias de Hotelaria e Turismo.

“Essa conquista é resultado de um trabalho coletivo de todos que fazem a nossa empresa. Somos a única marca da Paraíba e uma das poucas empresas do Nordeste a figurar numa lista com players gigantes do mercado, como McDonald’s e O Boticário, por exemplo”, explica Ana Virgínia Falcão.

 

Resultados animadores do setor – A pesquisa divulgada esta semana pela ABF apresenta também um movimento positivo do setor de franquias brasileiro, com um crescimento nominal em 2018 de 7% da receita na comparação com o ano anterior, e expansão de 5% no número de unidades, enquanto que em 2017 e 2016, esse valor foi menor, 2% e 3,1%, respectivamente.

Observada a tendência de retomada do crescimento econômico, a ABF projeta para 2019 uma alta do faturamento do setor de franquias entre 8% e 10%. Quanto à geração de emprego e renda no setor, a estimativa é que haja um incremento de 5%. A expansão das unidades deve ser de 5% a 6% e o número de redes pode ampliar 1%.

Outro dado importante confirmado nesta e em pesquisas anteriores da Associação Brasileira de Franchising é que as maiores redes de franquias brasileiras continuam investindo na implantação de novos formatos. Além das tradicionais lojas, houve um crescimento nos quiosques, unidades móveis e operações home based, que passaram de 9% para 12%.

“Esta pesquisa reafirma o grau de amadurecimento do franchising brasileiro, exemplificado nestas cinquenta maiores redes de franquias que lideram o mercado nacional em unidades. Mesmo em um ano de tantas incertezas e altos e baixos da economia, o estudo mostra que os investimentos para manter a expansão e inovar continuaram, algumas redes apresentaram um crescimento bastante significativo e alguns segmentos evidenciaram maior resiliência e atividade”, afirma André Friedheim, presidente da ABF.