Home » Cases » Como escolher entre Champanhe, Espumante, Frisante ou Sidra

Como escolher entre Champanhe, Espumante, Frisante ou Sidra

espumante-3


Para realizar o brinde de comemoração do Ano Novo, os brasileiros contam com diversas opções, dentre elas, champanhe, espumante, frisante e sidra. Para entender a particularidade de cada uma, o Pão de Açúcar separou algumas informações para esclarecer as diferenças entre os tipos de bebida.

Para ajudar nessa tarefas, a rede conta com os atendentes de vinhos, treinados pelo renomado enófilo Carlos Cabral, os profissionais orientam os clientes sobre os rótulos disponíveis, esclarecendo dúvidas e indicando as melhores opções a partir do que a pessoa deseja para todo o tipo de ocasião.


Confira abaixo e saiba qual escolher para a noite de réveillon:

Espumante – Elaborado com uvas, o espumante tem como base um vinho já fermentado. A partir disso, ele passa por uma segunda fermentação natural, ou dentro de sua própria garrafa ou em tanques de inox. Nessa etapa, o resultado é a aparição natural de gás carbônico, que confere a gaseificação e espuma da bebida. Posteriormente, uma mistura chamada de Liqueur d’expedition é adicionada ao produto para ser classificado entre brut ou demi-sec. Essa bebida é amplamente difundida e recebe diferentes nomes em diversas partes do mundo.

Na Espanha, o espumante é conhecido como Cava, tradicionalmente elaborada com as uvas Macabeo Xarel-lo e Parellada. Com qualidade similar ao Champanhe, ela é uma ótima pedida para o momento do brinde. Já na Itália o destaque fica por conta do Prosecco, confeccionada com a uva do mesmo nome.  No Pão de Açúcar os clientes encontram exemplares de cada uma delas. Destaque para a Cava espanhol Codorníu R$91,90 e o espumante italiano Sperone Prosecco R$77,90.

Além desses, vale degustar um espumante nacional, já que o Brasil vem se firmando como referência na produção deste tipo de vinho. A linha Club des Sommeliers, por exemplo, conta com dois ótimos rótulos a excelente custo e benefício: Brut Vibrant e Demi-Sec, ambos a preço sugerido de R$ 39,90.

Champanhe  - Bebidas que levam este nome referem-se ao espumante original, produzidas especificamente na região de Champagne, ao norte de Paris. Resultado da fermentação natural das uvas Pinot Noir, Pinot Meunier e Chardonnay, conta com diversas etapas até chegar ao resultado final. Uma sugestão que pode ser encontrada no Pão de Açúcar é o Veuve Clicquot, a preço sugerido de R$ 345,90.

Frisante – O vinho frisante também conta com gás carbônico em sua composição, porém, ele é inserido artificialmente. O resultado é uma bebida sem espuma e menos gaseificada do que o espumante. Um exemplo é o Lambrusco, que tem origem italiana. Os clientes podem encontrar nas lojas do Pão de Açúcar o Lambrusco tinto da marca Valdorella Amabile a preço sugerido de R$ 33,90.

Sidra – Bebida preparada a partir da fermentação do suco de maçã. O processo de gaseificação também é feito de forma artificial e é amplamente produzida na Inglaterra. No Brasil, a uma das marcas de sidra mais difundidas é a Cereser, que também pode ser encontrada no Pão de Açúcar por R$11,90.

A rede aposta no segmento de vinhos e, por isso, aposta na importação exclusiva de rótulos – o que torna o preço 15% mais competitivo se comparado a vinhos similares. Atualmente, o Pão de Açúcar conta com mais de 300 títulos exclusivos de 25 vinícolas parceiras por todo o mundo.